Buscar
  • Fernando Casavechia

DICAS PARA IMPLEMENTAR MATERIAIS INOVADORES

Mudar um processo ou produto na obra pode ser uma tarefa muito desafiadora, além da incerteza se o produto vai funcionar, é preciso treinar funcionários, alinhar as expectativas da gestão, organizar o canteiro para receber a inovação, entre outras coisas.



Neste texto vamos aprofundar um pouco mais nesse desafio, pois apesar de parecer complicado é cada vez mais importante que novas práticas construtivas sejam adotadas.


De acordo com o relatório da consultoria McKinsey de 2017 - “Reinventando a construção: a rota para a maior produtividade” - o setor da construção civil só ganho do setor de pesca e caça quando falamos de inovação. E para piorar, para nós, entre os países o Brasil é um dos piores em nível de inovação. Por isso, o esforço para aplicar materiais inovadores é cada vez mais imprescindível.


É fácil encontrar as objeções para não mudar produtos e processos em obras: “é muito caro” , “minha mão-de-obra não sabe usar”, “não tenho tempo para fazer essa mudança”... Mas a maioria dessas restrições podem ser retiradas se você escolher os parceiros ideais para implementar essas novidades e preparar sua empresa/obra para usar produtos mais inteligentes em suas obras.


1- Entenda a fundo seus custos

A maior justificativa para não mudar nada na obra é custo. Porém grande parte das empresas enxergam o custo apenas no valor de material no m² construído, ou seja, o custo de uma alvenaria é apenas o custo do tijolo, da argamassa, das vergas… Mas devemos olhar o custo de forma global e entender como cada tipo de material afeta na obra como um todo.

Digamos que temos duas empresas de tijolo: a “empresa 1” cobra 200 reais o milheiro e a !empresa 2” cobra 250. Na análise superficial a primeira é a melhor opção. Porém, ela descarrega os tijolos fora de pallets do lado do caminhão. Sendo que a outra empresa com um munck, em pallets, já no andar que vai utilizar o tijolo. Com certeza vale a pena repensar o custo e provavelmente a empresa 2 é a melhor opção no custo global. Afinal reduzimos tempo de descarregamento, reduzimos movimentação de materiais na obra, aumentamos a organização da obra…


Sempre que pensarmos em custo, lembre em colocar na conta os seguintes parâmetros, normalmente negligenciados:


  • Quanto que custa movimentar material na obra? Custo do elevador cremalheira, custo de equipamentos de movimentação (paleteiras, carrinhos, pallets)

  • Devido a característica do produto, preciso de mais pessoas apenas para preparar e organizar os produtos?

  • Consigo reduzir etapas do meu processo construtivo? E quanto isso custa?

  • Qual a produtividade em Homem.hora/m² (RUP)? Ou seja, quantos homens hora são necessários para realizar em 1 m² a tarefa? Utilizando produtos inovadores, eu aumento quanto a produtividade?


Entendendo esses custos, que não são totalmente diretos ao custo de produto, é possível avaliar mais a fundo se o produto que queremos colocar na obra irá reduzir seus custos ou não.


2 - Busque parceiros e não fornecedores


Implementar um novo produto não é fácil, e nessas horas precisamos de toda a ajuda que pudermos encontrar. O fornecedor do produto pode ser fundamental para que a inovação seja implementada com sucesso, mas é importante que ele seja tratado como um novo parceiro técnico e aproveitar sua expertise para que ele traga melhores resultados.


Seguir por essa abordagem com os fornecedores vai agregar muito valor para a sua empresa, pois os fornecedores acabam vivendo várias realidades diferentes e consegue passar informações valiosas sobre como o mercado está se comportando e ajudar sua empresa a ser mais competitiva.


Na uBeton, por exemplo, buscamos mostrar para o cliente tudo que ele pode mudar no seu processo, sem afetar a sua qualidade, em busca de maior desempenho. Como mostrar onde ele está desperdiçando dinheiro e até mostrar se nossas soluções realmente podem ajudar. É do interesse da empresa que nossos clientes tenham sucesso na aplicação do produto, então nem vamos oferecer para aqueles que o produto não faz sentido. E é assim que todos deveriam trabalhar para se ajudar no setor da construção.


Além disso, aproveite da expertise do seu fornecedor para treinamento e acompanhamento da mão de obra, ele certamente irá te ajudar com objeções na utilização do produto pelos funcionários da empresa ou terceirizados.


3 - Entenda a maturidade do seu negócio e implemente com calma


Mudar completamente a forma de trabalho da empresa pode ser um impacto muito grande. Então a dica é mudar aos poucos os processos e ir modernizando com calma a empresa. Criar nas pessoas que trabalham no negócio o instinto de sempre tentar melhorar o que está fazendo.

Comece organizando seu processos, mapeando como são feitas todas suas atividades. Identifique aquilo que realmente gera valor no seu negócio e o que não gera. Por exemplo: um acabamento muito bem feito, a garantia de entrega no prazo, atendimento no pós obra…

Com o negócio mapeado, comece a observar onde temos possibilidade de ganhos de produtividade. Começar alterando produtos básicos, sem necessariamente mudar o processo inteiro é mais simples e tem maior receptividade pelos envolvidos.

Mostre claramente para todos a vantagem da mudança, seja em qualidade de vida das pessoas ou trabalho rendendo mais, mais fácil de fazer, o dinheiro que a empresa recebe antes por ter entregue antes o empreendimento e assim por diante. Metrificar e expor as vantagens de usar produtos mais modernos, facilita na aceitação de todos da empresa.

Seguindo nessa estratégia, com o tempo você vai mudar a mentalidade da empresa e ter obras mais eficientes e produtivas.


A inovação não é algo feito da noite para o dia, é preciso muito estudo e buscar parceiros dedicados em ajudar sua empresa a desempenhar melhor. Mas é importante lembrar, que pior que não conseguir implantar de primeira materiais inovadores é muito melhor do que nem tentar. As construtoras que não estiverem dispostas a inovar, tendem a fracassar no futuro.

Aqui na uBeton queremos ajudar as empresas a terem obras mais eficientes e produtivas e não vamos descansar até que o setor da construção no Brasil tenha níveis melhores de produtividade. Estamos dispostos a inovar, e você?

Siga a gente aqui no nosso blog para mais conteúdos sobre produtividade e melhorias na construção civil.


Autor:

Fernando Casavechia Teixeira

Especialista em Lean Manufacturing pela PUCPR

Diretor Comercial na Ubeton

LinkedIn | Instagram


0 visualização

A uBeton busca constantemente trazer produtos inovadores que proporcionem um aumento de produtividade e qualidade nas obras de construção civil. Inovação e eficiência é o que nos move.

Rua Lourenço José de Paula, 2126 - Parque da Fonte - São José dos Pinhais/PR

E-mail: contato@ubeton.com.br | 

Telefone / WhatsApp: (41) 3206-3721

© Todos os direitos reservados uBeton.